Quais são os principais custos para ter uma loja virtual?

Quais são os principais custos para ter uma loja virtual?

Ao iniciar um negócio virtual, a primeira pergunta que se faz é como quanto custa um site profissional?

O que está correto, ao se iniciar um negócio seja virtual ou físico, é muito importante colocar no papel quais os principais custos para ter uma loja virtual.

Afinal, é preciso se organizar para saber qual vai ser o seu gasto inicial para a abertura do seu novo negócio.

Além disso, é preciso saber também quanto você terá de investir mensalmente em gastos como marketing e manutenção da sua página.

Tudo isso deve entrar nas suas contas. Por isso, continue lendo esse artigo para saber tudo sobre os custos que envolvem manter uma loja virtual no ar.

O que é e quais os custos para ter uma loja virtual?

Se você está pensando em montar uma loja virtual, com certeza sabe que o custo baixo é uma das maiores vantagens dessa opção.

Apesar disso, a loja virtual tem muitos benefícios além do custo baixo. Clique aqui para conhecer as principais vantagens de uma loja virtual.

Antes de entender quais custos estão inclusos quando você monta uma loja virtual, o que seria uma loja virtual?

A loja virtual é um site onde o principal objetivo é realizar as vendas. Por isso, ele deve ter os produtos e serviços a disposição do cliente.

A ideia é que a venda ocorra diretamente pelo site, sem a ajuda de terceiros, como vendedores.

Entretanto, é claro que uma loja virtual tem funcionários disponíveis para atender possíveis dúvidas e problemas de clientes.

Mas a ideia é que a compra seja feita diretamente pelo site. Ou seja, o site deve ter seus produtos disponíveis de maneira simples e organizada.

Além disso, deve conter o valor dos produtos e, de preferência, imagens com a descrição mais detalhada possível do produto.

Portanto, o que falta é escolher um bom sistema de pagamento e entrega. Ou seja, você deve escolher quais são as formas de pagamento possíveis, assim como a de entrega.

Geralmente, os sites possuem até uma ferramenta para o cálculo do frete. Mas, lembre-se, quanto menor o frete, mais fácil você realizar a sua venda.

São muitas coisas para se resolver quando você resolve abrir uma loja virtual, mas ainda assim, uma das suas principais vantagens é o custo baixo.

Pois, se formos comparar com a loja física, onde você precisa pagar aluguel e funcionários, é realmente mais barato. (Clique aqui para conhecer as principais vantagens de uma loja virtual)

Mas, ainda assim, é preciso conhecer quais os custos que vem com isso, e para que servem.

Quais os principais custos para ter uma loja virtual?

A primeira coisa a entender é que na hora de criar uma loja virtual, você irá precisar resolver algumas coisas.

E todas essas coisas irão custar dinheiro, principalmente se você não é programador e nem webdesigner, o que significa que você terá que pagar por esse serviço.

Então, separamos aqui os principais custos que você terá com a sua loja virtual para que você se organize bem.

Compra de domínio

O seu domínio é o endereço da sua loja virtual. Ou seja, é aquilo que as pessoas irão digitar para acessar o seu site.

Portanto, você precisa de um nome original e simples, que faça com que todos lembrem facilmente como acessar a sua loja.

E esse domínio muitas vezes é pago, e precisa ser renovado todo ano. Se você decidir registrar um domínio nacional (domínios com final), por exemplo, tem um custo de 40,00/ano, se optar em fazer a adesão diretamente com o Registro.BR

Hospedagem do site

Esse aqui é com certeza o maior custo da criação de uma loja virtual. Pois, a hospedagem é necessária. A hospedagem é onde o seu serviço ficará na internet.

Ou seja, é a plataforma que irá armazenar todos os dados e informações necessários para o funcionamento do seu site.

Portanto, você deve contratar esse serviço, oferecido por empresas especializadas, e pagar um aluguel para manter o seu negócio no ar.

O custo desse serviço irá variar muito, mas em alguns casos, vale a pena escolher uma hospedagem mais cara, se ela significar maior qualidade.

Pois, a hospedagem do seu site deve ter bom desempenho e poucas falhas. Quanto maior a taxa de disponibilidade, melhor.

Afinal, quando o seu site sai do ar, você perde vendas e possíveis clientes. Por isso, deve ser uma hospedagem confiável.

Além disso, o custo irá variar muito dependendo do tamanho da sua loja virtual. Para que você tenha uma noção, existem planos de R$ 200,00 mensais e outros que passam dos R$2.000,00.

Plataforma de loja pronta

Além de pagar por uma hospedagem de site, existem algumas plataformas conhecidas já prontas para lojas virtuais.

São plataformas que podem ser personalizadas, mas já são montadas para a venda de produtos, sendo ótimas opções para quem quer abrir uma loja rapidamente.

Manutenção do site

Os sites também precisam de manutenção de tempos em tempos, assim como a loja física.

Pois, as tecnologias envolvidas na criação de site precisam ser atualizadas, tanto para manter a qualidade do serviço, quanto pela segurança da sua loja.

Marketing digital

Esse é um custo que muitas pessoas esquecem de contar na hora que abrem uma loja virtual.

Mas é extremamente necessário. Pois, é preciso investir em marketing digital para que as pessoas acessem e conheçam a sua loja.

Não basta simplesmente abrir e, magicamente, as pessoas irão acessar a sua página, não é assim que funciona.

Existem diversas ações de marketing digital que você pode fazer para atrair clientes para a sua página, como por exemplo:

  • E-mail marketing;
  • Marketing de conteúdo;
  • Propagandas pagas;
  • E muito mais.

Conclusão

Portanto, apesar de ser mais barato do que abrir uma loja física, ainda assim, existem muitos custos para ter uma loja virtual.

Pois, não podemos esquecer que é necessário pagar o serviço de hospedagem do seu site, assim como a sua manutenção.

Mas, esse preço vai variar muito, de acordo com o seu objetivo, o número de tráfego no seu site e o tamanho da sua loja.

Além disso, é necessário um investimento mensal em marketing digital para que o seu site tenha um maior alcance e você consiga alavancar as suas vendas.

E aí, esse artigo lhe ajudou? Se sim, deixe aqui o seu comentário.